Rio+20 deve apoiar fontes renováveis, diz Ban Ki-moon 

BRUXELAS, 16 ABR (ANSA) - O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, declarou hoje que a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável Rio+20 "será a ocasião para mobilizar o apoio a fontes renováveis".

Ele acredita que, até 2030, será possível dispor o acesso às energias renováveis para todos. "O primeiro objetivo é dar acesso universal até 2030, pois há o dobro de fontes renováveis no mix energético e da eficiência energética sobre o planeta até 2030", afirmou.

Ban Ki-moon argumentou que "a energia é um instrumento importante para os desafios globais, da segurança alimentar às mudanças climáticas e à saúde" e um ponto crucial que "é transversal a todas as outras questões".

Ele observou ainda que a proposta de disponibilizar o acesso às energias renováveis "não se trata de caridade, mas de solidariedade", e destacou que o encontro de 20 a 22 de junho "será uma oportunidade em nível geracional".