Talibã assume autoria de diversos atentados simultâneos no Afeganistão  

A milícia Talibã admitiu a autoria de uma série de ataques simultâneos realizados contra diversos alvos na capital afegã, Cabul, e em outras partes do país. Segundo porta-voz do grupo, os alvos foram embaixadas e as sedes da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e do Parlamento afegão. Há relatos sobre atentados também nas províncias de Logar e Patkia e de ataques suicidas em Jalalabad.

Foram ouvidas várias explosões na região central de Cabul e houve tiroteios na zona diplomática, que conta com forte esquema de segurança.

A Otan informou que houve ataques em sete locais diferentes somente em Cabul, mas que ainda não se sabe se os atentados deixaram vítimas.

Um dos locais atacados foi a embaixada britânica, onde uma torre de observação foi atingida por dois foguetes. Uma pesada nuvem de fumaça foi vista próxima à sede da Embaixada da Alemanha.

Após os ataques contra o Legislativo, até mesmo parlamentares decidiram aderir aos combates contra os militantes do Talibã. Um deles, Kandahar Naeem Hameedzai Lalai, disse que, como representante do povo afegão, tinha de defendê-lo'.

De acordo com funcionários da Embaixada dos Estados Unidos, houve explosões nos arredores da sede diplomática, mas não há registro de feridos.