Miss EUA 2010 é julgada por dirigir Jaguar bêbada e em alta velocidade 

A miss Estados Unidos 2010 Rima Fakih está sendo julgada sob acusação de dirigir alcoolizada. Ela compareceu à corte de Highland Park, no Michigan, nesta quarta-feira para prestar esclarecimentos. Rima foi presa em dezembro passado, dirigindo um Jaguar preto em alta velocidade, segundo o policial que a autuou. Na época, testes mostraram que ela tinha o dobro do limite permitido de álcool no sangue.

Rima, ex-rainha da beleza pelo Estado americano do Michigan, foi a primeira mulher de origem árabe a receber o título de miss EUA. Ela nasceu no Líbano, em 1985, e mudou-se para os EUA aos 7 anos. O advogado da modelo espera que ela seja colocada em liberdade condicional e possa cumprir a pena na Califórnia, onde pretende trabalhar como atriz.

Rima, que não contestou a acusação, conhecerá sua pena em maio. Ela pode pegar até 93 dias de prisão. "Você aprende, você paga o preço pelo seu erro e segue em frente. Estou muito feliz de poder deixar isso para trás", disse a jovem do lado de fora do tribunal.