Morre nos EUA o dissidente chinês Fang Lizhi

Morreu nos Estados Unidos, aos 76 anos, o físico e dissidente chinês Fang Lizhi.

Fang Lizhi era conhecido como o "Sakharov chinês". Ele foi demitido da universidade após sua luta a favor da democracia e dos direitos humanos. Lizhi ficou refugiado um ano na embaixada dos EUA em Pequim depois do massacre da Paz Celestial, em 1989. No ano seguinte, foi autorizado a deixar o país e foi para os Estados Unidos.

Fang Lizhi trabalhou nos últimos anos como professor de Física na Universidade do Arizona, em Tucson (sudoeste).