Duas explosões atingem a capital da Síria

A mídia estatal síria informou que duas "explosões terroristas" atingiram a capital Damasco na manhã deste sábado, provocando a morte de um número indeterminado de civis e membros de segurança.

Dois edifícios da segurança do Estado sírio foram os alvos do duplo atentado. A televisão síria mostrou imagens de corpos carbonizados e diversos destroços materiais, além de grandes colunas de fumaça no lugar dos atentados.

O primeiro dos ataques teve como alvo a sede da Inteligência aérea, situada no norte da capital síria, enquanto uma segunda explosão foi ouvida por volta das 7h40 locais (2h40 de Brasília) em um edifício da Segurança Criminal, no oeste da cidade.

"Minha família está bem, mas as janelas da minha casa ficaram totalmente destruídas. A explosão foi terrível", disse uma mulher que vivia na Praça Tahrir, perto do complexo de segurança.

Damasco voltou a ser cenário de atentados, apesar de ter mantido relativa calma desde a eclosão da rebelião contra o presidente sírio, Bashar al-Assad, em março do ano passado.

Em dezembro passado, pelo menos 40 pessoas morreram na capital em dois ataques suicidas com carros-bomba que explodiram de maneira quase simultânea nas imediações de dois edifícios da Segurança Central, em um ataque que as autoridades atribuíram à organização terrorista Al-Qaeda.