Dois jornalistas turcos desaparecidos na Síria 

Dois jornalistas turcos desapareceram na Síria, anunciou nesta quarta-feira o jornal Milat, com o qual os repórteres se comunicaram pela última vez em Idleb (noroeste) em 9 de março.

Em um comunicado, o Milat informa que não recebe notícias do repórter Adem Özköse e do cinegrafista Hamit Coskun há cinco dias.

No dia 9 de março, os dois ligaram para o jornal e informaram que estavam na cidade de Idleb.

"Esperamos uma declaração urgente das autoridades sírias", completa o texto.