Trinta soldados mortos em confrontos com Al-Qaeda no Iêmen

Trinta soldados morreram neste domingo em confrontos com membros da rede extremista islâmica Al-Qaeda que buscavam conquistar posições do exército iemenita na região de Kud, situada na instável província de Abyan, segundo fontes oficiais e hospitalares.

"Morreram 30 soldados e o balanço seguirá se agravando, já que existem corpos que ainda não foram levados ao hospital", indicou um funcionário que pediu para não se identificar.