Síria: ONU pede acesso sem obstáculos para agências humanitários 

O Conselho de Direitos Humanos da ONU aprovou nesta quinta-feira uma resolução que condena "as violações cada vez mais graves dos direitos humanos" na Síria e pede ao regime de Bashar al-Assad uma autorizção de "acesso sem obstáculos" para as agências humanitárias.

Dos 47 Estados membros do Conselho, 37 votaron a favor do texto e três se pronunciaram contra (Rússia, China e Cuba). Três países optaram pela abstenção (Equador, Índia e Filipinas).

A resolução pede ao regime de Bashar al-Assad que "autorize um acesso livre e sem obstáculos à ONU e às agências humanitárias para proceder uma avaliação completa das necessidades em Homs e outras regiões".

Os combatentes rebeldes conseguiram até o momento resistir ao cerco das forças do regime em Baba Amr, bairro da cidade de Homs (centro), informaram militantes.