Raúl Castro ordena fim de limitações para construção de casas 

O presidente de Cuba, Raúl Castro, exigiu dos ministros a eliminação das proibições que limitam os cidadãos a construir casas, depois da suspensão há alguns meses da interdição à compra e venda de casas, informa o jornal oficial Granma.

"Já reiteramos em várias ocasiões, a solução não é proibir, e sim indicar onde e como fazê-lo", disse o presidente em uma sessão do Conselho de Ministros, durante a qual pediu o fim das "ilegalidades" neste setor sensível.

O déficit habitacional é um dos principais problemas da sociedade cubana, com uma necessidade que supera meio milhão de casas, sem contar com a forte deterioração das existentes, sobretudo em Havana.

Como parte das reformas, aprovadas pelo VI Congresso do Partido Comunista em abril de 2011, Raúl aprovou a compra e venda de imóveis, acabou com o confisco habitacional dos que emigram, que agora poderão vender ou transferir as casas, e liberou a venda de materiais de construção.