Acidente de helicóptero deixa oito mortos na Guatemala

Oito militares morreram nesta terça-feira em um acidente de helicóptero da Força Aérea Guatemalteca (FAC) em uma zona fronteiriça com o México, no Departamento de Petén, informou uma fonte oficial. "No helicóptero estavam oito membros do Exército, seis tripulantes e dois pilotos", afimou à emissora local o governador do departamento, Henry Amezquita.

O Departamento de Informação e Divulgação do Exército informou em um comunicado que a aeronave era pilotada pelo tenente de aviação Everardo Portillo Salazar. Segundo as informações preliminares, o helicóptero se acidentou próximo à comunidade de Chacalté, de San Luis Petén, a cerca de 500 km ao norte da capital, segundo Amezquita.

"A aldeia Chacalté é uma área montanhosa e há uma área de selva, que tem colinas bem altas e pode ser que o acidente tenha acontecido ali. Acredito que pode ter havido uma falha por sobrevoar muito baixo", acrescentou o governador. Ainda é desconhecida a missão que realizavam os tripulantes da aeronave, que partiu da capital para o Comando Aéreo do Norte, em Petén.