Chefe dos observadores da Liga Árabe na Síria pede demissão 

 O chefe da polêmica missão de observadores da Liga Árabe na Síria, o general Mohammed Ahmed Mustafá al-Dabi, pediu demissão neste domingo, disse à AFP um responsável da organização pan-árabe.

Até o momento se desconhecem os motivos de sua demissão, que será anunciada oficialmente durante a reunião que os ministros árabes de Relações Exteriores mantêm neste domingo à tarde no Cairo, afirmou o responsável, que pediu anonimato.

"Os ministros também debaterão sobre a possibilidade de enviar uma missão conjunta da ONU e da Liga Árabe à Síria", palco de uma revolta popular contra o regime do presidente Bashar al-Assad há onze meses, disse.