Conservador Niinistö vence presidenciais finlandesas por ampla maioria 

HELSINQUE - O candidato conservador e pró-europeu, Sauli Niinistö, foi eleito presidente da Finlândia por esmagadora maioria, neste domingo, no segundo turno das eleições, com 62,6% dos votos, de acordo com resultados definitivos divulgados pelo ministério da Justiça.

Seu adversário, o ecologista liberal Pekka Haavisto, obteve 37,4% dos votos, acrescentou a fonte.

Os finlandeses enfrentaram um frio intenso para votar no segundo turno das eleições presidenciais.

Sauli Niinistö e Pekka Haavisto, dois ex-ministros pró-europeus, com programas de governo muito similares, disputam um mandato de seis anos em um cargo de poderes limitados, sobretudo no que diz respeito à União Europeia (UE).

Dos 4,4 milhões de eleitores registrados, 36,5% votaram antecipadamente no segundo turno.