EUA: bilionário Donald Trump anuncia apoio a Mitt Romney

O bilionário americano Donald Trump anunciou nesta quinta-feira em Las Vegas seu apoio a Mitt Romney na corrida presidencial do Partido Republicano. Em entrevista coletiva ao lado do próprio Romney, Trump afirmou que o ex-governador de Massachusetts não vai "permitir que coisas ruins continuem a acontecer com este país que nós amamos".

Trump, que ganhou notoriedade no Brasil por ser o apresentador da versão original do programa O Aprendiz, transmitido pela TV a cabo, anunciou que não concorrerá à presidência como um candidato independente se Romney for o escolhido pelo Partido Republicano. Trump, que já fez parte do Partido Republicano, é um conservador com grande influência no Estado de Nevada, onde possui inúmeros investimentos, segundo a rede americana CNN.

Na entrevista, Trump disse que Romney é "esperto" e "duro". "É minha honra, uma verdadeira honra, apoiar Mitt Romney", disse Trump, durante a coletiva realizada em um hotel de sua propriedade em Las Vegas.

Romney, por sua vez, agradeceu ao apoio e afirmou que é estava honrado pela decisão do bilionário. Após se sagrar vencedor na Flórida na última terça-feira, Romney é o favorito para as primárias dos Estado de Nevada e de Maine, que serão realizadas no próximo sábado.

As primárias republicanas de 2012

No dia 3 de janeiro, foi dada a largada para a escolha do candidato republicano que enfrentará Barack Obama nas eleições presidenciais, no dia 6 de novembro de 2012. Trata-se de um longo processo de realização de primárias nos Estados e territórios americanos, durante o qual os eleitores elegerão delegados que participarão da Convenção Nacional do Partido Republicano, nos dias 27 e 30 de agosto.

Nas primárias, os eleitores vão às urnas e, por meio de voto secreto, escolhem os delegados que representam seus interesses. Além das primárias tradicionais (realizadas na maioria dos Estados), algumas unidades optam pelas caucuses: pequenas assembleias, geralmente compostas por militantes partidários, que têm a mesma função das primárias, mas com a principal diferença de que em uma caucus o voto é público.

As primárias e as caucuses possuem uma quantidade de delegados proporcional ao tamanho da população do Estado que representam, ao passo os pré-candidatos mais votados recebem um número de delegados proporcional à quantidade de votos obtidos. Em 2012, serão 38 primárias e 17 caucuses, que, juntas, distribuirão 2.286 delegados. Será candidato aquele que, na Convenção, obtiver os votos de ao menos 1.144 delegados.