Navio que naufragou na Itália tinha 46 brasileiros a bordo

Ao menos 46 brasileiros viajavam no navio que encalhou nas águas da ilha italiana de Giglio na noite desta sexta-feira, informou neste sábado o Grupo Costa, responsável pela embarcação. O Costa Concordia tinha 3,2 mil passageiros e mil tripulantes a bordo.

A imprensa italiana informou que três pessoas morreram no acidente, sendo 2 francesas e 1 peruano. Os corpos estão no necrotério de Orbetello, cidade situada diante de Giglio. A promotoria ordenou uma necropsia.

De acordo com a empresa responsável pelo cruzeiro, cerca de mil passageiros eram italianos. Os alemães somavam 569 e os franceses, 160. O número de mortos pode aumentar, pois cerca de 70 pessoas ainda estão desaparecidas.

>> Navio com 4 mil passageiros afunda na Itália e deixa ao menos 3 mortos 

A embarcação navegava pelo Mar Mediterrâneo, depois de zarpar de Civitavecchia e com escalas previstas em Savona, Marselha, Barcelona, Palma de Mallorca, Cagliari e Palermo.

O Grupo Costa disponibilizou os seguintes números de telefone para informações: 55 11 2123-3673 e 55 11 2123-3679. O Itamaraty está prestando assistência aos passageiros.

O Costa Concordia foi a pique após encalhar em um banco de areia.