"Nenhum sinal" de que o Irã vá bloquear o estreito de Ormuz 

WASHINGTON - O Irã não deu "nenhum sinal" de que esteja tentando realmente bloquear o estreito de Ormuz, passagem estratégica para o tráfego marítimo de petróleo, declarou nesta segunda-feira o porta-voz do Pentágono, George Little, para quem o discurso belicoso de Teerã "vai se acalmar".

"Ouvimos muitos discursos, mas nenhum sinal de ação", acrescentou.

Segundo o porta-voz, "as palavras dos iranianos são radicais, mas as coisas vão se acalmar".

Por este corredor de apenas 50 quilômetros de largura, transitam o equivalente a cerca de 17 milhões de barris de petróleo bruto por dia, provenientes dos países do Golfo, do Iraque e do Irã - ou seja 35% do tráfego marítimo do óleo e cerca de 20% da produção mundial.