Em meio a violência na Síria, Observadores apresentam informe

CAIRO - O chefe dos observadores na Síria, responsável por supervisionar a aplicação do plano árabe para superar a crise, apresenta neste domingo seu primeiro informe à Liga Árabe sobre sua missão em um país onde a violência custou a vida de várias dezenas de pessoas nos últimos dias.

O comitê ministerial da Liga Árabe responsável pelo caso sírio se reunirá no Cairo, na sede da instituição pan-árabe, a partir das 14H00 local (10H00 de Brasília) para interrogar o general sudanês Mohammed Ahmed Mustafá al Dabi, chefe dos 163 observadores que se encontram na Síria desde 26 de dezembro.

Este primeiro informe ocorre em um contexto de crescentes chamados para que a questão síria seja transferida à ONU. A oposição síria acusou os observadores de serem "manipulados" pelo regime de Bashar al-Assad, e a Liga Árabe de ser incapaz de pôr fim à violência.