China anuncia a morte de sete sequestradores

A polícia matou sete sequestradores que integram um "grupo terrorista" em Xinjiang, região muçulmana do noroeste da China, durante uma operação que libertou dois reféns, anunciou o governo regional.

Um policial morreu e quatro suspeitos ficaram feridos e foram detidos na operação, executada na noite de quarta-feira depois que um "grupo terrorista" sequestrou duas pessoas no condado de Pishan, sul da região, anunciou o governo de Xinjian.

A região de Xinjiang tem uma grande população muçulmana e registra atos de violência esporádicos.

A principal minoria étnica de Xinjiang, os oito milhões de uigures, reclama da discriminação religiosa e cultural.