Nigéria tem 90 mil pessoas deslocadas por violência interna

Os violentos confrontos entre islamitas radicais e as forças de segurança na semana passada forçaram o deslocamento de 90.000 pessoas na cidade de Damaturu, nordeste da Nigéria.

"Temos até o momento 90.000 deslocados pela violência em Damaturu", disse Ibrahum Farinloye, coordenador da agência nacional de emergências para o nordeste do país.

"Desaconselhamos que sigam para os campos temporários (de refugiados). Muitos estão dormindo em casas de amigos ou parentes", completou.

Os confrontos entre membros do grupo radical Boko Haram e as forças oficiais deixaram quase 100 mortos, segundo a polícia e organizaçõs de defesa dos direitos humanos.

Posteriormente, atentados, em sua maioria contra igrejas, atribuídos ao Boko Haram, deixaram pelo menos 40 mortos no domingo de Natal na Nigéria.