Greve em fábrica sul-coreana na China

Milhares de funcionários de uma fábrica do grupo sul-coreano LG em Nanjing (leste da China) iniciaram uma greve, anunciou uma ONG, no momento em que o país registra vários movimentos de protestos de trabalhadores.

Quase 8.000 funcionários da fábrica interromperam os trabalhos com a reclamação de que os funcionários sul-coreanos do local receberam bônus de fim de ano superiores aos seus, informou a organização China Labour Watch, que tem sede em Nova York.

Dezenas de milhares de trabalhadores chineses iniciaram greves desde novembro para protestar contra os salários baixos e as demissões.