Presidente russo apresenta suas condolências pela morte de Kim Jong-Il

O presidente russo, Dimitri Medvedev, cujo país é um dos poucos a manter relações diplomáticas e econômicas com a Coreia do Norte, apresentou nesta segunda-feira suas condolências pela morte do líder norte-coreano Kim Jong-Il, anunciou um porta-voz do Kremlin.

"O telegrama será publicado no site do Kremlin", precisou o porta-voz à AFP.