México: 22 policiais são presos por envolvimento com cartel

Segundo informações da Agência Ansa, 22 agentes de segurança foram presos neste domingo no Estado mexicano de Tabasco, no sul do país, por suposto envolvimento com uma organização criminosa.

Eles seriam cúmplices de Santos Ramírez, conhecido como "Santo Sapo", suposto chefe do cartel Los Zetas, que foi detido pouco antes. De acordo com fontes oficiais, eles foram presos nas cidades de Cárdenas, Centro, Comalcalco e Huimanguillo.

No sábado, dois policiais municipais foram assassinados a tiros na cidade mexicana de Los Mochis, no estado de Sinaloa. O ataque aconteceu na manhã no bairro Texas enquanto os agentes, identificados como Joel Sandoval e Marco Antonio Pérez, realizavam uma patrulha de rotina.