Síria: prazo para evitar sanções vence neste domingo

Uma reunião de países árabes advertiu a Síria a assinar até este domingo um protocolo de envio de observadores, se quiser evitar sanções econômicas e financeiras, anunciou em Doha o premier do Qatar, xeque Hamad bin Jassim Al-Thani.

O encontro, do qual participavam os chanceleres dos países da Liga Árabe, elaborou e aprovou uma lista de 19 personalidades sírias que não poderão viajar aos países árabes, e cujos fundos serão bloqueados.

"Entramos em contato com Damasco durante a reunião, e respondemos aos seus pedidos de esclarecimento. Pedimos que (representantes sírios) venham amanha a Doha para assinar o protocolo, e aguardamos uma resposta", explicou o xeque.

Os ministros, que estavam reunidos para decidir o mecanismo de aplicação das sanções da Liga Árabe, determinaram ainda que, a partir do dia 15, sejam reduzidos pela metade os voos comerciais com destino e origem na Síria.