Vice americano pede a renúncia de presidente sírio

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que realiza uma visita à Turquia, pediu ao presidente sírio Bashar al-Assad que abandone o poder a favor de uma "transição pacífica", de acordo com declarações publicadas nesta sexta-feira por um jornal turco.

"A posição dos Estados Unidos sobre a Síria é clara: o regime sírio deve pôr fim à repressão contra seu próprio povo, e o presidente Assad deve deixar seu cargo", disse Biden ao jornal Hurriyet.

Biden, que chegou na quinta-feira à Turquia para reuniões com líderes de alto escalão do governo, afirmou que a administração americana, que convocou Assad a se retirar do poder, insiste em uma "transição pacífica" na Síria.

"Uma estabilidade durável não pode ser assegurada (na Síria), salvo com a chegada ao poder de um governo que escute e se coloque à disposição de seu povo, em vez de apontar uma arma", disse, insistindo na estabilidade da Síria, país que compartilha uma longa fronteira com a Turquia.