WikiLeaks publica banco de dados da "indústria da espionagem"

A organização WikiLeaks divulgou, nesta quinta-feira, um banco de dados com informações sobre "sistemas de interceptação de massa". Trata-se de um mapa mundial com empresas de inteligência ligadas à filtragem de informações de pessoas da sociedade civil.

"Esta indústria é, em prática, não-regulada. Agências de inteligência, forças militares e autoridades policiais são capazes de, em massa ou silenciosamente, interceptar ligações e tomar computadores sem a ajuda ou o conhecimento de provedores de telecomunicação", diz o texto do projeto, denominado "The Spy Files" ("Os arquivos de espionagem", em tradução livre).