Monti diz que Itália pode superar a crise com 'esforço coletivo'

O economista e ex-comissário europeu, Mario Monti, encarregado de substituir Silvio Berlusconi e formar um novo governo na Itália, afirmou após sua designação neste domingo que o país "pode vencer a crise através do esforço coletivo".

Monti advertiu, no entanto, que a Itália deve ser antes de tudo um elemento de "força e não de debilidade" da União Europeia.

As afirmações foram feitas durante uma breve declaração, realizada após sua designação oficial neste domingo por parte do presidente da República, Giorgio Napolitano.