Milhares se manifestam em favor do presidente Al-Assad na Síria

Milhares de manifestantes se concentraram neste domingo no centro de Damasco para expressar seu apoio ao presidente sírio Bashar al Assad e denunciar a decisão da Liga Árabe de excluir a Síria de sua organização.

"O povo ama Bashar al Assad", cantavam os manifestantes reunidos na praça Sabaa Bahrat, agitando bandeiras nacionais e exibindo fotos do presidente.

A TV síria mostrou imagens de manifestações a favor de Assad também na Praça dos Omeyas de Damasco, em Aleppo (norte), Latakia (oeste) e outras cidades sírias.

Na véspera, manifestantes sírios partidários de Bashar al-Assad atacaram e saquearam a embaixada da Arábia Saudita em Damasco para protestar contra a decisão da Liga Árabe de suspender a Síria.

A Liga Árabe anunciou neste sábado a suspensão da Síria da organização e ameaçou Damasco com sanções. A violência no país continuou hoje com a morte de seis civis e nove agentes da segurança durante operações de repressão e confronto, informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A decisão da Liga foi motivada pelo não cumprimento do plano para saída da crise elaborado pela instituição Pan-árabe