Obama parabeniza Liga Árabe por suspensão da Síria

O presidente americano, Barack Obama, aplaudiu neste sábado a decisão da Liga Árabe de suspender a Síria, o que considerou uma "etapa importante" para "demonstrar o isolamento diplomático" do regime de Bashar al-Assad.

O presidente reconheceu em um comunicado "a importante iniciativa da Liga Árabe para por fim à crise e considerar o governo sírio responsável pela repressão dos manifestantes da oposição e das violações dos direitos humanos".

Segundo a Liga Árabe, a decisão foi motivada pelo não cumprimento do plano para saída da crise elaborado pela instituição Pan-árabe.

A Liga decidiu "suspender a participação das delegações sírias nos trabalhos" da organização, uma medida que passa a valer a partir da quarta-feira, segundo um comunicado lido pelo chefe da diplomacia do Qatar, Hamad ben Jassem al-Thani, durante uma reunião ministerial extraordinária no Cairo.