Com políticos em baixa, Federer recebe votos em eleição na Suíça

Considerado um dos melhores tenistas de todos os tempos, o suíço Roger Federer, atual número 4 do ranking da ATP, demonstrou grande popularidade em seu país natal, ao receber votos para um cargo púbico ao qual sequer concorria.

Federer recebeu 132 votos para representar o cantão de Schwytz, onde nasceu, no Senado suíço. Houve uma campanha local pelas mídias sociais para que as pessoas ignorassem os nomes dos candidatos e preenchessem a cédula com o nome do tenista.

De acordo com um funcionário do serviço eleitoral, as leis suíças permitem que candidatos não-oficiais sejam eleitos em caso de maioria de votos, o que indica que Roger Federer poderia ocupar uma vaga no Senado caso tivesse uma votação mais expressiva.