Embaixada da Líbia em Brasília solta fogos de artifício pela morte de Kadhafi

Após a notícia da captura e morte do ex-ditador Muamar Kadhafi, o dia foi de festa na embaixada da Líbia em Brasília. Os diplomatas receberam a notícia com fogos de artifício e muita música. No entanto, eles ainda não têm informações oficiais do governo líbio sobre a captura e morte de Kadhafi.

"Todas as linhas telefônicas estão congestionadas, tudo que sabemos é por meio da imprensa, mas acredito que seja tudo verdade", disse o cônsul da Líbia no Brasil, Mohamed Nfati.

Há cerca de um mês, o embaixador Salen Omar Ezubide deixou o posto por ser simpático ao regime de Kadhafi e a representação diplomática líbia está sem representante oficial no momento. Quem responde é o encarregado de negócios Husein Tantoush.

Nfati disse que espera do Brasil reconhecimento do novo governo e acredita que seu país terá um futuro melhor com a captura do ex- ditador. Ele reiterou que todos os contratos com empresas estrangeiras continuarão a ser cumpridos, e pede ajuda do Brasil para a retirada de minas terrestres que teriam sido implantadas por Muamar Kadhafi.