Obama sai de viagem e desafia republicanos a aprovar plano de empregos

O presidente Barack Obama iniciou nesta segunda-feira uma viagem de ônibus pelo coração dos Estados Unidos, na qual durante três dias desafiará os republicanos a aprovar medidas para criar empregos, apesar da recusa inicial de um ambicioso plano apresentado ao Congresso.

A viagem de três dias de Obama começará na cidade de Ashville, na Carolina do Norte, e inclui paradas para até três comícios por dia ao longo dos mais de 900 km que percorrerá até chegar a Virgínia, abrangendo dois estados estratégicos do mapa eleitoral.

A viagem tem início quando o plano de emprego no valor de 447 bilhões de dólares de Obama está obstruído no Senado, onde os republicanos bloquearam sua votação.

Em um ônibus blindado especialmente equipado, Obama fará paradas em escolas, centros de formação e sedes de corpos de bombeiro, com o objetivo de conseguir apoio público para que seu plano seja aprovado.

"A viagem oferecerá ao presidente a oportunidade de visitar comunidades menores, e falar com os prefeitos, professores, proprietários de pequenas empresas e outros residentes locais sobre como eles vão se beneficiar da lei de empregos", explicou o porta-voz de Obama, John Earnest.