Líbia: rebeldes voltam ao combate pelo controle de Bani Walid

Os combatentes do Conselho Nacional de Transição (CNT) anunciaram neste domingo a retomada dos confrontos em Bani Walid, um dos últimos redutos do derrocado líder líbio Muammar Kadafi, após uma semana de calmaria nesse front militar.

"Foram retomados os combates e avançamos tanto no front norte como no sul", disse à AFPMusa Yunes, chefe das forças do CNT em Bani Walid, a 170 km ao sudeste de Trípoli.

Um comandante da cidade de Zawiya, onde estão situadas as tropas ao sul de Bani Walid, afirmou que neste momento o ataque ocorria com artilharia pesada.

As forças do CNT cercam o oásis de Bani Walid, onde os combates foram suspensos há uma semana para preparar a nova ofensiva contra os 1.500 homens pró-Kadhafi ainda presentes na cidade, segundo os combatentes.

No domingo passado, as forças do novo regime, que avançavam em brigadas sem coordenação alguma, se viram forçadas a abandonar o aeroporto de Bani Walid que acabavam de tomar, o que deixou 17 mortos e mais de 80 feridos. Desde então, os confrontos foram interrompidos para ganhar tempo e reordenar as tropas.