Carla Bruni-Sarkozy diz que 'não fará campanha' eleitoral para 2012

Carla Bruni, mulher de Nicolas Sarkozy, que nos próximos dias dará à luz seu segundo filho e o quarto do presidente francês, garantiu nesta quinta-feira em entrevista a uma revista francesa que "não fará campanha" eleitoral para 2012 e tampouco sabe se seu marido a fará.

"Eu não farei campanha!", respondeu Carla Bruni, de 43 anos, interrogada sobre como fará para cuidar de um bebê, de uma campanha e da fundação que dirige desde que se tornou esposa do presidente francês, com quem se casou em fevereiro de 2008.

"Quanto ao bebê, claro que me ocuparei, embora não veja porque me impediria de trabalhar", acrescenta a ex-modelo e cantora nascida na Itália, antes de admitir que, "como esposa de Nicolas Sarkozy, tenho muita ajuda. Não tenho uma vida difícil, não estou submetida a uma licença maternidade nem a utilizar o transporte" público.

Será a primeira vez que um presidente francês terá um filho durante o exercício de suas funções e prestes a iniciar uma campanha eleitoral.

Embora Nicolas Sarkozy ainda não tenha anunciado formalmente se será candidato à reeleição nas presidenciais francesas de 2012, a direita francesa, com exceção de algumas vozes isoladas, dão isso como certo.

A revista Le Figaro Madame também. 

"Como pensa em se proteger dos ataques de uma campanha presidencial que já promete ser feroz?", perguntou a Carla Bruni.

"Não sei se meu marido fará campanha!", respondeu a esposa de Sarkozy, que chegou à presidência francesa em maio de 2007 com mais de 50% dos votos, mas cuja popularidade não supera os 30% há dois anos.

"Quanto à ferocidade dos seres humanos...", acrescentou, antes de explicar que "a posição do presidente da República provoca, evidentemente, as paixões mais extremas".

Em sua opinião, "a política não é feroz, a vida o é".

Quanto à chegada de seu segundo filho - já tem um menino de 10 anos de seu casamento anterior - Carla Bruni assegura que "embora estejamos em um contexto de crise, se a reprodução humana estivesse vinculada a uma vida perfeita não estaríamos aqui, nem você nem eu, para contar isso".

Nicolas Sarkozy, de 56 anos, é pai de três homens de dois casamentos anteriores.