Fãs protestam em frente ao local onde médico de Michael Jackson será julgado

Um grupo de fãs realizou um protesto em frente à Suprema Corte de Los Angeles, nesta terça-feira (27), onde acontece o julgamento do Dr. Conrad Murray, acusado pela morte de Michael Jackson.

O fãs pedem uma sentença justa para Murray, a quem chamam de "Dr. Morte" e o acusam de querer apenas "tirar o dinheiro de Michael". Segundo o site TMZ, o médico está no tribunal para o julgamento, marcado para começar às 12h45 (horário de Brasília).

Michael Jackson morreu em 25 de junho de 2009 vítima de uma intoxicação aguda de remédios, especialmente do anestésico de uso hospitalar Propofol, segundo determinou a autópsia. Murray reconheceu que no dia em que Jackson faleceu administrou no "Rei do Pop" sedativos para ajudá-lo a combater a insônia, incluindo o Propofol, que, segundo publicou a imprensa americana, o artista consumia de forma habitual.