Israel favorável ao plano do Quarteto para a paz com os palestinos

O ministro israelense das Relações Exteriores, Avigdor Lieberman, afirmou neste domingo ser favorável à adoção do plano de paz do Quarteto (Estados Unidos, União Europeia, Rússia e ONU) para conseguir um acordo de paz entre israelenses e palestinos até o final de 2012.

"Acho que é preciso aceitar a proposta do Quarteto porque inclui um ponto muito positivo: a abertura de negociações sem condições prévias" afirmou Lieberman, entrevistado emn Nova York pela rádio estatal israelense.

Apesar de admitir ter reservas quanto a esse plano, o chanceler explicou que seu país deve favores aos Estados Unidos.

"Os americanos mobilizaram grandes esforços no Quarteto para alcançar esta prposta e nos apoiaram tanto na crise de nossa embaixada no Cairo como no discurso do presidente Barack Obama na ONU", afirmou ainda.