ONU: pedido palestino será tratado 'rapidamente' 

O pedido de adesão palestino à ONU será "rapidamente" examinado e transmitido ao Conselho de Segurança, assegurou nesta sexta-feira o porta-voz das Nações Unidas, Martin Nesirky.

"Após receber a carta, o procedimento apropriado de exame será realizado rapidamente no Secretariado (da ONU) e ela será em seguida transmitida ao presidente do Conselho de Segurança e ao presidente da Assembleia Geral", disse Nesirky durante uma entrevista coletiva à imprensa.

O presidente palestino Mahmud Abbas entregou nesta sexta-feira ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o pedido de adesão de um Estado da Palestina às Nações Unidas.

Abbas apresentou uma pasta contendo um dossiê com o símbolo da Palestina, pouco antes de seu discurso na Assembleia Geral da ONU.

Ban transmitirá o pedido "durante a tarde" à missão do Líbano, país que exerce neste mês a Presidência interina do Conselho de Segurança, indicou nesta sexta-feira uma fonte das Nações Unidas.