Netanyahu: recusa palestina em reconhecer Israel é central para conflito

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, disse nesta sexta-feira, na ONU, que a base do conflito com os palestinos é a rejeição destes em "reconhecer o Estado judeu e quaisquer fronteiras".

"Reconheçam o Estado judeu e façam a paz conosco", disse Netanyahu em seu discurso na Assembleia Geral anual da ONU, deixando de lado as alegações palestinas de que o motivo central do conflito é a questão dos assentamentos.

"O centro do conflito não é a questão dos assentamentos. Os assentamentos são o resultado do conflito", afirmou.

"O centro do conflito sempre foi e continua sendo a rejeição dos palestinos em reconhecer o Estado judeu e quaisquer fronteiras", acrescentou.

Netanyahu disse que Israel está preparado para assumir "compromissos dolorosos".

"Os palestinos devem viver em um futuro Estado próprio, mas precisam estar prontos para o compromisso", disse o premier, acrescentando que os palestinos precisam garantir a segurança de Israel.