EUA: Estado Palestino só será possível através de 'negociações diretas'

Os Estados Unidos convocaram nesta sexta-feira o presidente palestino, Mahmud Abbas, a retornar às "negociações diretas" com Israel, apesar de seu pedido de adesão à ONU de um Estado Palestino.

Os Estados Unidos anunciaram que irão vetar qualquer pedido feito ao Conselho de Segurança da ONU de adesão de um Estado palestino.

"Quando o discurso acabar, todos devemos reconhecer que o único caminho para criar um Estado é através de negociações diretas, não de atalhos", afirmou a embaixadora americana na ONU, Susan Rice, em um comentário divulgado no Twitter após o encontro de Abbas com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.

Abbas fez o pedido de adesão apesar do apelo pessoal realizado nesta semana pelo presidente americano Barack Obama, que também afirmou que não pode existir um Estado palestino sem um acordo com Israel através de negociações diretas.