Irã estabelece fiança para americanos detidos em US$ 500 mil

A justiça iraniana libertará os dois americanos detidos há dois anos por entrada ilegal e espionagem, em troca de uma fiança de 500.000 dólares para cada um, anunciou o advogado da dupla.

"Os dois homens serão libertados após o pagamento da fiança", declarou à AFP Masud Shafii, advogado dos americanos, que disse ter sido informado sobre a medida nesta terça-feira.

Shane Bauer e Josh Fattal, de 29 anos, foram condenados a oitos anos de prisão cada um sob a acusação de espionagem. Outra americana, Sarah Shourd, de 32 anos, foi libertada após o pagamento de fiança em setembro de 2010.

Os três montanhistas foram detidos em 31 de julho de 2009 na fronteira entre o Iraque e o Irã, que eles afirmaram ter ultrapassado por engano depois que se perderam durante uma excursão pelas montanhas do Curdistão iraquiano.

Todos se declararam inocentes das acusações de espionagem.