Premiê turco diz que não irá a Gaza durante viagem a países árabes

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, anunciou que não irá à Faixa de Gaza durante a viagem pelos países da chamada "Primavera Árabe", em declarações feitas nesta segunda-feira antes de partir rumo ao Egito.

"Minha visita a Gaza está descartada. Mas quero dizer que tenho muita vontade de visitar Gaza, o quanto antes", disse Erdogan a uma emissora em Istambul.

Após a etapa do Egito, Erdogan visitará também Tunísia e Líbia, onde as revoltas populares derrubaram seus respectivos líderes autocráticos.

O objetivo do primeiro-ministro turco é estabelecer laços estreitos com as novas autoridades, no momento em que as relações de Turquia com Israel, aliados em outros momentos, atravessam seu nível mais baixo.

A Turquia expulsou o embaixador de Israel depois de uma divergência em torno do ataque da marinha israelense contra uma flotilha turca que fazia parte de um comboio humanitário que navegava para Gaza, em maio de 2010.

Na semana passada, a embaixada de Israel no Cairo foi atacada por manifestantes, obrigando o embaixador a fugir.