Atentado contra base da Otan mata três pessoas no Afeganistão

Pelo menos três pessoas morreram e várias ficaram feridas em um atentado suicida,  ocorrido no sábado, contra um posto de combate das forças da Otan na província de Wardak, no centro do Afeganistão, informou o Exércio dos Estados Unidos neste domingo. O Talibã assumiu a responsabilidade em seu site na internet.

O ataque aconteceu no final da noite de sábado no distrito de Saydabad, onde um insurgente detonou um veículo carregado de explosivos em frente à instalação das tropas estrangeiras, disse o porta-voz do governador provincial, Shahidula Shahid. 

"Na explosão morreram um civil, um intérprete e um guarda de segurança", todos eles afegãos, ao mesmo tempo em que outros dez civis e um número indeterminado de soldados internacionais ficaram feridos, segundo a fonte.

Em comunicado, a Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan confirmou o incidente, mas não detalhou o número de vítimas. "Grande parte da potência da explosão foi absorvida pela barreira protetora, embora se registrou um número significativa de feridos. Todos eles estão sendo tratados e em nenhum caso suas vidas correm perigo", ressaltou a Isaf.

O distrito de Saydabad é o mesmo no qual um helicóptero Chinook CH-47 foi derrubado no começo de agosto por fogo insurgente, causando a morte de 30 soldados dos EUA e sete militares e um civil afegãos.