Obama apela para um aumento da vigilância no 11 de setembro

O presidente Barack Obama pediu neste sábado "um aumento da vigilância e do estado de prontidão", num momento em que os Estados Unidos lembram o décimo aniversário do 11 de setembro sob a ameaça de um novo atentado, anunciou a Casa Branca. 

Obama pediu que sua equipe nacional de segurança "apure com vigor" toda a informação da inteligência sobre a possibilidade de um ataque com bomba, e que o país "não relaxe" as medidas de contraterrorismo nas próximas semanas.