Balsa com pelo menos 600 pessoas a bordo vira na Tanzânia

Uma balsa transportando mais de 600 pessoas virou entre duas ilhas no arquipélago de Zanzibar, ao largo da Tanzânia, na madrugada deste sábado (pelo horário local), disseram autoridades e testemunhas. Ainda há poucas informações sobre o ocorrido, mas o fato já foi confirmado pelo governo da república semi-autônoma. As informações são da BNO News.

"Estamos tentando estabelecer o número de pessoas que estavam a bordo, mas fomos informados de que a balsa estava sobrecarregada", disse Issa Gavu, vice-secretário de Estado para a infraestrutura e comunicações, segundo o site Hisdustan Times.

No Twitter, o morador local Mikhail Romano disse acreditar que cerca de mil pessoas estavam a bordo. "Um sobrevivente foi puxado para fora, é uma menina de 7 anos de idade", escreveu Romano no microblog. Mais tarde, ele acrescentou que pelo menos sete pessoas haviam sido resgatadas. Um helicóptero auxilia equipes da Marinha e da polícia no resgate às vítimas.

A balsa, chamada MV Spice Island, estava viajando entre a principal ilha de Zanzibar, Unguja, e Pemba, duas das três ilhas que compõem Zanzibar. Teria deixado Unguja às 21h e virado quatro horas depois.

A Tanzânia fica na África Oriental, limitada a norte por Uganda e Quénia, a leste pelo Oceano Índico, a sul por Moçambique, Malauí e Zâmbia e a oeste pela República Democrática do Congo, Burundi e Ruanda. O país inclui também o arquipélago de Zanzibar, no Índico, justamente onde ocorreu o acidente