Obama aceita credenciais de novo embaixador da Líbia 

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, aceitou nesta sexta-feira (9) as credenciais do novo embaixador da Líbia em Washington, o primeiro depois da conquista de Trípoli pelos rebeldes e da expulsão do ex-líder Muamar Kadhafi da cidade, anunciou a Casa Branca. 

"Hoje o presidente Obama aceitou as credenciais de Ali Suleiman Aujali como embaixador extraordinário da Líbia, o primeiro representante da nova Líbia em Washington e um dos primeiros diplomatas líbios a ser habilitado no nível internacional desde a queda de Kadhafi", indicou o porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, Thomas Vietor. 

Os Estados Unidos "cumprimentam os líbios por sua coragem e determinação ao elaborar um novo e democrático futuro para seu país. Os líbios foram um motivo de inspiração para a comunidade internacional em sua luta digna pela liberdade e um novo estilo de vida", disse em comunicado. 

"Enquanto o Conselho Nacional de Transição empreender uma transição política democrática e de união na qual os direitos humanos forem respeitados e promovidos, encontrará nos Estados Unidos um aliado sólido. Nos contentamos em trabalhar com o embaixador Aujali’, completou. 

Aujali estava entre os 12 chefes de missão diplomática a participar da cerimônia de entrega de credenciais na sexta-feira no Salão Oval.