Japão lembra aniversário de rendição na Segunda Guerra Mundial

Nesta segunda, o Japão celebra o 66º aniversário de sua rendição e o fim da Segunda Guerra Mundial na Ásia-Pacífico com cerimônias pelo país e homenagens aos cerca de 2,3 milhões de soldados e 800 mil civis japoneses mortos no conflito.

No dia 15 de agosto de 1945, poucos dias depois das bombas atômicas que atingiram Hiroshima e Nagasaki, o imperador Hirohito anunciou a rendição incondicional do Japão em mensagem pelo rádio, no qual também negou que seu posto tivesse caráter divino. 

Isso abriu uma nova página na história do Japão e de seus vizinhos asiáticos, que tinham sofrido décadas de expansão imperialista japonesa.