França: 30 mil peregrinos em Lourdes para missa de Assunção de Nossa Senhora

Cerca de 30.000 peregrinos assistiram nesta segunda-feira em Lourdes (sudoeste da França) à missa de Assunção de Nossa Senhora, neste local de grande peregrinação católica, conhecido também pelas curas milagrosas, constatou um correspondente da AFP.

A cerimônia, oficiada por Monsenhor Emmanuel Lafont, bispo de Caiena (Guiana francesa) e concelebrada por 200 padres, numa grande campina.

Na homilia, o Monsenhor Lafont pregou sobre a necessidade de abrir caminho para "um mundo melhor", insistindo no papel da família sobre a miséria, lembrando que a metade dos jovens na Guiana vivem o drma do desemprego.

Entre os presentes estava o diretor e ator francês Robert Hossein, que apresentou no sábado, em Lourdes, para 25.000 pessoas, seu novo espetáculo "Une femme nommée Marie", Uma mulher chamada Maria, com a presença de jovens sul-americanos, a caminho da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) em Madri (de 16 a 21 de agosto), precisou à AFP o reitor dos Santuários, o padre Horatio Brito.

Entre os participantes da Peregrinação nacional (organizada nos dias 15 de agosto) estavam, também, 1.000 doentes ou portadores de deficiência e 4.000 membros de ordens religiosas.

A 138ª Peregrinação nacional também foi marcada, na noite de domingo, pela tradicional procissão mariana com tochas.

Lourdes recebe anualmente cerca de seis milhões de visitantes. Numerosos doentes vêm também se banhar nas águas às quais são atribuídas curas consideradas milagrosas pela Igreja.

A cidade mariana bateu os recordes de frequência, com oito milhões de peregrinos, em 2008, ano do 150º aniversário do aparecimento da Virgem Maria à francesinha Bernadette Soubirous e da visita do Papa Bento XVI.