Chávez adverte que o câncer ainda 'não passou'

O presidente venezuelano, Hugo Chávez, afirmou neste domingo que seu organismo respondeu bem ao segundo ciclo de quimioterapia que recebeu nesta semana em Cuba, embora tenha advertido que o câncer detectado há pouco menos de dois meses ainda "não passou".

"O que quero dizer ao povo e dizer também a mim mesmo (é o que) ontem fidel insistia: 'Chávz, não se esqueça disso, não se deixe levar pelos impulsos. Você mesmo pode se convencer de que tudo já passou, e o povo pode começar a acreditar que tudo já passou'. Não passou", assegurou Chávez.

"Vamos bem, mas, é claro, com muito cuidado", declarou o presidente à emissora oficial VTV.

O presidente, que disse seguir uma estrita rotina de medicamentos, alimentação e exercícios físicos para se recuperar, assegurou que tem bom apetite, que está ganhando peso e que não teve náuseas.

Além disso, assegurou que os exames médicos apresentam resultados positivos.

O presidente, que chegou na madrugada deste domingo de Havana, foi operado para a retirada de um tumor maligno no dia 20 de junho em Cuba e em meados de julho foi submetido a um primeiro ciclo de sessões de quimioterapia, também na ilha.

Com 57 anos, Chávez está desde 1999 no poder e em 2012 aspirará à reeleição para um terceiro mandato.