Vazamento de petróleo no Mar do Norte 'está controlado', segundo Shell

Um vazamento de petróleo descoberto nesta semana em um oleoduto da Shell no Mar do Norte, perto da costa escocesa, já "está controlado", mas a camada se estende ao longo de 31 km, anunciou neste sábado a gigante petroleira anglo-holandesa.

"O vazamento no oleoduto de nossa plataforma Gannet Alpha está controlado", afirmou a Shell em um comunicado.

Segundo as estimativas da companhia, a camada de petróleo tem 31 km de extensão, e na região onde está mais difundida tem cerca de 4,3 km de largura.

A Shell não informou o volume de petróleo derramado, mas afirmou que a camada "será dispersada naturalmente pelo efeito das ondas e não chegará à costa".