Vaticano: Praça de São Pedro será totalmente restaurada

A praça de São Pedro, com a célebre colunata de Bernini, será totalmente restaurada para reencontrar o brilho do século XVII, anunciou nesta sexta-feira o jornal do Vaticano, L'Osservatore Romano.

As obras, que já começaram em torno de uma parte da colunata barroca à esquerda da praça, devem durar 30 meses, para recuperar as cores e a beleza deste imenso conjunto em travertino, um tipo especial de calcário, informou ao jornal o diretor dos serviços técnicos da governadoria do Estado do Vaticano, Pier Carlo Cuscianna.

Serão restauradas 376 colunas e pilastras, 140 estátuas, 1.200 metros de varandas e cornijas, as fontes gêmeas Clementina e Gregoriana, o obelisco egípcio no centro da praça, construída em 1586 por Sisto V.

Mesmo os lampadários, datando do século XIX, em torno do obelisco passarão por reformas.

Para l'Osservatore Romano, a colunata é uma "criação artística de forte conteúdo alegórico, expressando o abraço ecumênico da Igreja Universal em todos os povos".

"Patrocinadores generosos" estão financiando estas obras importantes, declarou Cuscianna, sem revelar os nomes.

As responsabilidades artística, científica e histórica dos trabalhos são de competência dos Museus do Vaticano, dirigidos por Antonio Paolucci.

Duas empresas, Italiana Costruzioni e Fratelli Navarra, foram escolhidas para os trabalhos.