Crianças de 11 anos são indiciadas por distúrbios na Inglaterra

Uma menina de 11 anos está entre as centenas de indiciados pelos distúrbios que atingiram a Inglaterra nos últimos dias. A criança, cujo nome não foi divulgado, foi acusada de depredação e tentativa de depredação na cidade de Nottingham, norte do país.

Um menino também de 11 anos, acusado de roubar um cesto de lixo em uma loja saqueada no bairro de Romford, em Londres, também foi indiciado.

Até agora, 1.400 pessoas foram presas e 500 indiciados após os violentos distúrbios que tomam conta de várias cidades britânicas desde o último sábado.

 Os acusados estão sujeitos a penas de prisão de até seis meses.

Nesta quinta-feira, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, disse que pode considerar a ajuda do Exército no caso de novos tumultos e depredações nas ruas do Reino Unido. "É responsabilidade do governo assegurar que qualquer contingência futura seja avaliada, incluindo se há tarefas que o Exército pode assumir", afirmou Cameron.

Ele anunciou que o governo também dará à polícia poderes para exigir que as pessoas retirem proteções do rosto. 

Ainda de acordo com o premier, os distúrbios que sacudiram Londres e outras grandes cidades inglesas durante quatro dias não têm relação com a política nem com os protestos, e sim eram destinados a roubar.