Imprensa de Seul diz que Pyongyang tem plano para matar ministro sul-coreano

A Coreia do Norte enviou uma equipe de agentes secretos para a Coreia do Sul com o objetivo de assassinar o ministro da Defesa Kim Kwan-Ji, que prometeu no fim de 2010 uma resposta firme a Pyongyang no caso de ataque militar, informa a imprensa sul-coreana.

Os serviços secretos sul-coreano e americano foram informados sobre o envio de uma equipe encarregada de executar o ministro Kim Kwan-Ji e agora tentam interceptar os agentes, destaca o jornal JoogAng Ilbo.

Contactado pela AFP, o ministério da Defesa de Seul se negou a confirmar as informações e destacou que as medidas de segurança para o ministro não sofreram alterações.

O plano de assassinato também foi noticiado pela agência sul-coreana Yonhap.